Como qualquer ciência, a odontologia avança para que o tratamento seja cada vez mais confortável e menos traumático.

A dor e o medo da anestesia da antiga Odontologia não existem mais.

Graças ao equipamento que controla a técnica por computador tornando-a indolor (MORPHEUS).

Lembra-se daquelas intermináveis sessões para tratamento endodôntico (canal)?

Com a tecnologia de eficientes rotatórios e medicamentos específicos, é possível que o procedimento seja realizado em apenas uma consulta (salvo algumas exceções).

Dentro das técnicas de restauração dos dentes, resinas de alta performance possibilitam reparar os danos causados pela cárie ou trauma, devolvendo formato e função sem necessidade de grandes desgastes (tratamento altamente conservador).

E em se tratando de reabilitação, a tecnologia na confecção de porcelanas altamente resistentes e ao mesmo tempo delicadas, permitem confecções de peças protéticas como onlays, coroas e facetas (laminados).

Câmeras intraorais ajudando num diagnóstico mais preciso e permitindo a visualização do paciente do seu caso, possibilitando uma maior adesão ao tratamento.

Ultrassom para os procedimentos de limpeza, tornando mais rápidos e eficiente no pós operatório. Além dos resultados mais rápidos, as novas tecnologias proporcionam mais previsibilidade, precisão e planejamento no diagnóstico e nos procedimentos.

Para o paciente, os benefícios tangem o conforto e segurança ao saber que poderá ser concluído seu quadro com confiança no diagnóstico e o tratamento adequado para recuperar sua saúde bucal.